Você sabia que imóveis existentes também demandam a elaboração de Estudo de Viabilidade? Você procura um imóvel, encontra, imagina, faz planos, e o aluga. Ele já tem os espaços definidos, as saídas, as janelas e aberturas, as escadas existentes, tudo definido por ser existente. Pode ter passado por obras recentes ou não – o fato é que você alugou uma edificação pronta. Apesar de pronto, porém, o imóvel ainda não possui os licenciamentos que você precisa para seu empreendimento funcionar – licenças da Vigilância Sanitária, do Meio Ambiente, do Patrimônio Histórico, da Regulação Urbana, do Corpo de Bombeiros.

E você vai providenciar tudo isso logo após ter fechado o contrato de aluguel! Ótimo! E começam as providências! Vem arquiteto, vem engenheiro, mede aqui, confere ali, projeta lá. E começam a chegar novas informações…

Você descobre que as escadas não atendem à legislação e, sendo viável tecnicamente, você terá que reformá-las.

Você descobre que algumas portas da rota de fuga são estreitas e, para o público que você precisa, você vai ter que aumentar suas larguras.

Você descobre que aquela quantidade de saídas é insuficiente, que a ventilação é inadequada para o seu tipo de ocupação, que você precisa fazer diversas obras e que, além de tudo, o imóvel é tombado pelo patrimônio.

E agora?

Será que você poderá fazer as obras das quais  precisa para o seu tipo de ocupação?

Será que as obras feitas anteriormente a você foram legais?

Será que, mesmo havendo viabilidade, você tem reserva financeira para encarar todas as obras não planejadas por falta de conhecimento de sua necessidade?

Nessa hora, entra a importância do Estudo de Viabilidade Técnica e Legal (EVTL). Você contrata um estudo para verificar a viabilidade daquele imóvel para seu empreendimento.

Se você tiver duas opções de imóveis, você pode fazer dois estudos de viabilidade. Se você tem uma opção disponível, você faz esse estudo antes de fechar o contrato. Assim, você poderá ter conhecimento prévio das adequações necessárias para que você ocupe aquele imóvel, saberá quais são as limitações e impossibilidades, e terá condições de fazer um planejamento, a partir do aluguel daquele imóvel ou de sua eliminação para busca por outro, evitando grandes surpresas.

O “barato” ou o “impulso” pode sair caro também nesse caso. Verifique a viabilidade do imóvel e evite surpresas!

Avatar

Arquiteta e Urbanista formada pela UFMG, Especialista em Gestão de Projetos pelo IETEC e MBA em Gestão de Negócios na Construção Civil pela FGV. Experiência como coordenadora de projetos e desenvolvimento imobiliários, responsável pela regularização de empreendimentos de impacto. São mais de 18 anos de experiência atuando na elaboração de projetos de galpões e condomínios logísticos, layouts logítsicos, industriais e corporativos .

0 respostas

Deixe um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *